“Eu gosto de observar as estrelas. Elas são o mais próximo que eu posso chegar do céu, e o mais longe que eu posso estar da terra. Acho que Deus as fez para os dias sem esperança, para aquelas pessoas sem um rumo. Sabe o que é legal nelas? Não importa o quanto o céu esteja escuro, elas vão estar sempre ali, elas sempre vão brilhar para alguém do outro lado do mundo. Eu olho para as estrelas, e lembro que em algum lugar por aí, deve haver uma pessoa olhando na mesma direção que eu, e isso é fantástico. Estrelas são um exemplo de humildade, aos nossos olhos tão pequenas, e lá de cima somos tão insignificantes. Não importa quem foi embora, é incrível ver que não importa quanto o tempo passe, um dia desses nós estaremos em lugares diferentes, observando a mesma coisa. Estrelas parecem remédio pra saudade. Eu acredito nas estrelas, poucas pessoas conversam com elas, alguns podem achar patético, mas, eu converso com elas. Além do mais, as estrelas pertencem ao céu, como eu pertenço a você. Se o amor acontece, sem dúvida nenhuma, a culpa é das estrelas.”
1/5 »
Há 1 dia - 333.919 notas - (via/original) - Reblog this!
  •  E tudo que eu estava sentindo me segurei ao máximo para não revelar aos que me rodeavam pois eu sei que a maioria não entenderia, pois não sentem, não vêem as cicatrizes que mesmo profundas não são visíveis pois vêm de dentro e poucos são os que enchergam o nosso interior. Mas de qualquer forma saberia que ao me deparar com essa situação teria que enfrenta-la sempre com um sorriso no rosto, e teria que oferecer abraços por aí que quem realmente estava precisando era eu. Você sabe, e eu também que nos dias de hoje as pessoas te obrigam a viver como se você não se importasse para não demonstrar suas fraquezas e tem que agir como se não sentissem, pra que não julguem nossos sentimentos. As pessoas te perguntam “Vc está bem?” e sua alma chora em seu interior e mesmo assim responde “sim”, mesmo sabendo que quem realmente te perguntou não quer saber o que você tem e só te perguntou por educação ou por não terem o que falar. Pois você sabe que quem realmente se importa sabe o que você está sentindo, e te conhece, sabe que quando você diz que está tudo bem você está mentindo. Eu tenho o hábito de tentar fugir dos meus próprios sentimentos para que não pareça fraca mesmo sabendo da tamanha força que possuo apenas por levantar todos os dias da cama mesmo sabendo que evitaria inúmeros problemas se continuasse lá o dia inteiro. E mesmo assim me julgam, julgam o que sinto e até o que eu penso. Acho que se você que está me ouvindo pudesse entender minhas cicatrizes jamais suportaria estuda-las mais a fundo. Existem cicatrizes que marcam quem se fere durante inúmeras vezes, talvez você sinta-se fraca durante um dia, um mês ou um ano eu, por exemplo, sinto extrema dor quando vejo quem me feriu me procurando ou quando a mesma pessoa, finge que se importa pois eu sei que a dor de sofrer e não tê-lo é pra sempre porque existem sentimentos que mesmo doentes e machucados, continuam te acompanhando, mesmo que por uma vida inteira.

Um dia vai dar certo, ah vai. Mas antes disso vai dar tudo errado. Tudo. Você vai se decepcionar com as pessoas que mais gosta. Vai tirar notas ruins mesmo tendo passado a noite estudando. Vai brigar com a sua mãe. Vai cortar o cabelo e achar que ficou horrível. Vai ver o namorado com a sua melhor amiga. Vai perder pessoas que ama. Vai cair de cara no chão. De novo. E de novo. E quando você não tiver mais forças pra se levantar, vai aparecer alguém pra dar a mão e te levantar. É ele. Deu certo.
          — Tati Bernardi.  (via obtida)

(Fonte: jaquesampaio)

Há 1 semana - 104.072 notas - (via/original) - Reblog this!
Há 2 semanas - 34.341 notas - (via/original) - Reblog this!
E a gente promete nunca mais telefonar para quem nos faz sofrer, mas acaba telefonando, e ele atende, e implica, e a gente some, e ele chama, e a gente volta, e briga, e ama, e sofre, e ama, e ama, e ama, e desama, e termina, e quando parece que cansamos, que não há mais espaço para um novo amor, outro aparece, outro parto, começa tudo de novo, aquele ata-e-desata, o coração da gente sendo puxado para fora
          — Tati Bernardi.  (via waltedeski)
Se a lua cheia te ama, por que se preocupar com as estrelas?
          — Provérbio tunisina.      (via floricitarei)

(Fonte: shimmyrock)

Há 2 semanas - 166.788 notas - (via/original) - Reblog this!
Há 3 semanas - 295.441 notas - (via/original) - Reblog this!
Não é como se a gente realmente precisasse. Na maioria das vezes apenas não queremos ficar sem.
          — Teologias.  (via felicidadeadois)

(Fonte: teologias)